1. Inicio
  2. Faturamento
  3. Criando nota fiscal no ERP Online

Criando nota fiscal no ERP Online

Com o ERP Online FoxManager, é muito fácil emitir notas fiscais e realizar o acompanhamento da movimentação de Nota Fiscal de uma forma rápida e integrada.

O sistema também conta com várias outras funcionalidades, é customizável de acordo com as necessidades de cada empresa e possui plano gratuito para até dois usuários.

Veja abaixo o passo a passo para criar nota fiscal usando o ERP Online FoxManager:

Descrição sumária

É chamada de Nota fiscal, o documento gerado e armazenado eletronicamente, utilizado para comprovar a compra de mercadorias, sendo validado pelo certificado digital do emitente.

Instruções

Estoque ⇒ Principal ⇒ NFe produto entrada

Faturamento ⇒ Principal ⇒ NFe produtos saída

Criar nota fiscal de entrada

Requisitos:
  1. Ter cadastrado o endereço do emitente;
  2. Ter cadastrada Inscrição Municipal do emitente;
  3. Possuir Fornecedor devidamente cadastrado;
  4. Possuir Produtos devidamente cadastrados com fornecedor vinculado.
  5. Ter Certificado Digital configurado.
Passo a passo
  1. Acesse Estoque ⇒ Principal ⇒ NFe produto entrada;
  2. Selecione a empresa para a qual deseja criar a nota fiscal; 
  3. Clique em “Novo” ou “Shift+i” para abrir a tela de preenchimento do formulário;
  4. Ao clicar, será redirecionado à tela de preenchimento do formulário com campos obrigatórios, tais como:
  5. Operação fiscal: para selecionar o tipo de operação fiscal será usado na nota fiscal;
  6. Série: identificador sequencial que informa o número da nota fiscal;
  7. Nota Fiscal: identificador numérico dado pela empresa a nota fiscal;
  8. Recebimento/Emissão: Para indicar o tipo de nota;
  9. Tipo: será mostrada o  tipo de serviço está sendo utilizado na nota (compra, transferência, bonificação ou outras entradas) de acordo com a operação selecionada;
  10. Data de Emissão: É a data que a nota fiscal foi emitida;
  11. Data de Entrada: É a data de entrada da aquisição da nota fiscal;
  12. Buscar fornecedor: Pessoa física ou jurídica que fez movimentação de mercadorias recebidas;
  13. Endereço do Fornecedor: Para a inclusão de endereço do fornecedor;
  14. Modalidade Frete: (caso tenha  frete, deverão ser preenchidos os campos obrigatórios: Transportador, Endereço do Transportador);
  15. Clique em “Itens NF-e” para tela de cadastrar de produto;
  16. Clique em “Novo” para habilitar a tela;
  17. O sistema disponibiliza fazer a pesquisa do produto por quatro opções: código do produto, código de barras, código do fornecedor e código legado;
  18. Código do produto: é o código gerado no sistema ao cadastrar o produto;
  19. Código de barras:  é a representação de sequência numérica utilizada para identificar um produto;
  20. Código do fornecedor: é o código cadastrado no produto conforme a numeração do fornecedor;
  21. Código legado: é o código que foi gerado no sistema anterior utilizado ao cadastrar o produto;
  22. Basta selecionar qual tipo de código deseja e digitá-lo no campo “Cód do produto” e apertar “Enter” ou se desejar, selecione o produto pelo nome no campo “Produto”;
  23.  Caso necessário, selecione o tipo de “Operação fiscal” do produto;
  24. Insira a “Quantidade” do produto;
  25. Preencha o “Valor unitário” do produto. Observe atentamente, que tanto em “Quantidade” quanto em “Valor Unitário” trabalhamos com quatro casas decimais:
  26. Caso tenha selecionado a opção modalidade com frete, preencha o campo “Valor do frete”;
  27. Além destes, é possível também informar valores de “Desconto“, “Valor do Seg.” e “Outros val.“. 
  28. Há algumas funcionalidade disponíveis para o cadastro no topo do formulário: novo, anterior, itens, desmembrar produto e visualizar imposto;
  29. Desmembrar produto: para que seja possível fazer o desmembramento do produto por dioptria;
  30. Visualizar impostos: para que seja possível visualizar dos impostos a partir da seleção individual do produto;
  31. Desmembrar Nº de Série: para que seja realizado o desmembramento dos produtos por Nº de Série.
  32. Na aba de imposto, o sistema irá mostrar os valores de ICMS, IPI, PIS, COFINS e ICMS Substituição tributária, calculadas a partir da associação feita a operação fiscal;
  33. Caso seja necessário, faça as alterações necessárias;
  34. Após o preenchimento, clique em “Concluir Nota”;
  35. Agora, é necessário adicionar as informações sobre o pagamento da Nota Fiscal:
  36. Para finalizar a nota fiscal, clique em “Confirmar prévia”.

Outros campos

Fechar NF: realizar os processos de Financeiro e Estoque de forma conjunta, gerando as movimentações financeiras e de estoque;

Emitir NF-e: tem a funcionalidade de gerar a nota fiscal concluída no sistema para a SEFAZ;

Importar XML: o sistema permite a importação de notas em formato de XML para o sistema na tela de nota fiscal de entrada;

Criar nota fiscal de saída

Requisitos
  1. Possuir cadastro de clientes;
  2. Possuir produtos com saldo em estoque. Isso pode ser feito através da Nota Fiscal de entrada, Movimentação de estoque ou durante a importação de produtos no cadastro;
  3. Possuir vendedores devidamente cadastrados;
  4. Possuir Certificado Digital configurado.
Passo a passo
  1. Acesse Faturamento ⇒ Principal ⇒ NFe produtos saída;
  2. Selecione a empresa;
  3. Clique no botão “Novo“:
  4. Ao clicar, será redirecionado à tela de preenchimento do formulário com campos obrigatórios, tais como:
  5. Operação fiscal: para selecionar o tipo de operação fiscal será usado na nota fiscal;
  6. Série: identificador sequencial que informa o número da nota fiscal;
  7. Data de emissão: É a data que a nota fiscal foi emitida;
  8. Tipo: Descreve qual tipo de serviço está sendo utilizado na nota (Avaria, bonificação, transferência, venda, perdas e outras saídas);
  9. Vendedor: identificador do colaborador que realizou a movimentação de mercadorias de saída; 
  10. Buscar cliente: Pessoa física ou jurídica que irá adquirir a  movimentação da nota fiscal;
  11. Endereço do destinatário: Para a inclusão de endereço do cliente;
  12. Fatura no convênio: caso seja uma nota feita por meio de convênio, insira a pessoa;
  13. Modalidade do Frete: (caso tenha  frete, deverão ser preenchidos os campos obrigatórios: Transportador, Endereço do Transportador);
  14. Clique em “Itens NF-e” para tela de cadastrar de produto;
  15. Clique em “Novo” para habilitar a tela;
  16. O sistema disponibiliza fazer a pesquisa do produto por quatro opções: código do produto, código de barras, código do fornecedor e código legado;
  17. Código do produto: é o código gerado no sistema ao cadastrar o produto;
  18. Código de barras: é a representação de sequência numérica utilizada para identificar um produto;
  19. Código do fornecedor: é o código cadastrado no produto conforme a numeração do fornecedor;
  20. Código legado: é o código que foi gerado no sistema anterior utilizado ao cadastrar o produto;
  21. Basta selecionar qual tipo de código deseja e digitá-lo no campo “Cód do produto” e apertar “Enter” ou se desejar, selecione o produto pelo nome no campo “Produto”;
  22. Selecione qual “Tabela de preço” irá utilizar para o produto;
  23. Insira o “Valor unitário” e “Quantidade” do produto;
  24. Há algumas funcionalidades disponíveis acima da grade de itens da NF-e:
  25. Visualizar impostos: para que seja possível visualizar dos impostos a partir da seleção individual do produto;
  26. Desmembrar núm. série: permite realizar o desmembramento dos itens por número de série.
  27. Ao clicar em “Impostos e Totais“, o sistema irá mostrar os valores de ICMS, IPI, PIS, COFINS e ICMS Substituição tributária, calculadas a partir da associação feita a operação fiscal;
  28. Caso seja necessário, faça as alterações necessárias;
  29. Após o preenchimento, clique em “Concluir Nota”;
  30. Agora proceda com as informações sobre o pagamento da NF-e:
  31. Selecione “Condição de pagamento”;
  32. Informe os “Meios de pagamento“:
  33. Para finalizar a nota fiscal, clique em  “Confirmar Prévia”.

Status da nota fiscal

Aberto: Quando a nota ainda não foi concluída no sistema interno (Financeiro e Estoque);

Fechado: A Nota foi concluída com êxito no sistema;

Pendente: Não foi feito a transmissão da nota para o sistema externo da SEFAZ;

Transmitido: Quando foi transmitida com sucesso para o sistema externo da SEFAZ;

Outros botões

Fechar NF: realizar os processos de Financeiro e Estoque de forma conjunta, gerando as movimentações financeiras e de estoque;

Emitir NF-e: tem a funcionalidade de gerar a nota fiscal concluída no sistema para a SEFAZ;

Carta de correção: para fazer a correção do documento emitido;

Mais opções

Relatórios: imprimir relatórios a partir da seleção do campo empresa;

Inutilização da NFe: quando a numeração da nota foi gerada e não será mais utilizada, levando em consideração que a nota fiscal não tenha sido transmitida para SEFAZ;

Imprimir NFe: para gerar o número da NF-e de modo manual.

Além de outras opções, como Cancelar Financeiro, Listagem de número de série, Prévia DANFE, Cancelar NFe denegada, Reabrir NF-e.

Artigos relacionados

  1. Primeiros passos
  2. Atualizando status da nota fiscal de pendente para transmitido
  3. Fazendo devolução de mercadorias
Atualizado em 28 de julho de 2021

Esse artigo foi útil?

Artigos relacionados

Leave a Comment

*

code

Enviar WhatsApp
1
Estamos online!
Olá! 👋 Já deu uma olhada no vídeo de primeiros passos?

Você também pode:
⚠️ criar um Chamado 💬 entrar no Grupo
Ou chama no zap, clicando no botão abaixo 🤙